ttttttttttttttttttttt

Email: geral@sampaiosaude.pt
t

Varizes: prevenção, sintomas e tratamento

Varizes: prevenção, sintomas e tratamento

As varizes são veias dilatadas e tortuosas, sendo as mais comuns as dos membros inferiores. Conheça as suas causas, sintomas e tratamento.

As varizes são veias dilatadas e tortuosas, sendo as mais comuns as dos membros inferiores. Para além de representarem uma preocupação a nível estético, as varizes podem causar dor, desconforto e até problemas mais graves como doenças circulatórias.

Causas

A causa mais comum das varizes é a influência genética. A fraqueza congénita das paredes das veias  torna-as facilmente dilatáveis pela pressão do sangue. Outras causas menos comuns são o sedentarismo, permanecer muito tempo de pé, excesso de peso e exposição ao calor.

Sintomas

As varizes podem, por vezes, não apresentar qualquer sintoma além do aparecimento de veias dilatadas, tortuosas e azuladas. No entanto, na maioria dos casos verifica-se dor, sendo esta a principal queixa, podendo-se manifestar através da sensação de peso nas pernas, cãibras, dormência, comichão e inchaço principalmente ao fim do dia.

Prevenção

Existem algumas medidas a tomar que podem evitar o aparecimento das varizes:

  • Pratique exercício físico e evite o excesso de peso
  • Evite o tabaco e bebidas alcoólicas
  • Mantenha a pele do corpo hidratada
  • Evite usar roupas muito apertadas, ligas, cintas e meias que sejam muito apertadas na zona do tornozelo
  • Evite manter-se de pé, sentado e com as pernas cruzadas  durante muito tempo
  • Evite a exposição ao calor
  • Termine o banho com uma massagem com água fria nas pernas

Diagnóstico

Para detetar as varizes é efetuado um doppler ou eco doppler, exames não invasivos nem dolorosos.

Tratamento

O tratamento das varizes deve ser feito por um especialista em Angiologia/Cirurgia Vascular.

Na maioria dos casos, as varizes podem ser controladas com medidas de cuidado diário como as acima citadas, juntamente com a administração de fármacos que facilitam a circulação venosa e ainda o uso de meias elásticas.

Noutros casos podem ser necessários outros tipos de tratamento como a escleroterapia, a laserterapia, radiofrequência e a cirurgia convencional (Stripping).

Se verificar algum dos sintomas mencionados marque a sua consulta de Cirurgia Vascular.

Sem comentários
Publicar um comentário
Nome
Email
Website